Bruegel – Antonio Augusto Mariante Furtado



Necessário estudar exaustivamente este quadro de Pieter Brueghel – cegos conduzindo cegos, cujo destino é um abismo. Parece até a trajetória da humanidade. O círculo vicioso do equívoco pode ser rompido desde que haja consciência da finitude de todas as coisas, e o homem assuma sua condição de criatura, humildemente, diante da Potestade do Criador.

 

 

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s