Cadê o mundo?


Às vezes passa muito, muito tempo sem que respondamos a alguém, ou que tentemos conversar; sempre é ruim quando não recebemos notícias de quem gostaríamos. E, sei, tenho o defeito de, por vezes, abandonar temporariamente mas não propositadamente as pessoas com as quais tenho ligações. É claro que os ritmos de vida são imperiosos, e acabamos relegando prazeres e os substituindo por obrigaçãoes.

Repasso a minha lista de endereços: tanta gente querida que vai sendo temporariamente abandonada: Alberto, Lia, Lyslei, Magda C., Thiago… os nomes vão se acumulando e, em seus lugares, vem os compromissos, a escola, a faculdade, os estresses do dia-a-dia profissional. E, como canta o Almir Satter, “… lá vai uma chalana, tão longe se vai, vai descendo o remanso do rio Paraguai…”

Um dia nos damos conta de que a chalana sumiu, e que só restam recordações, e vai nos dando uma tristeza muito grande. É claro que uma comunicação pressupõe retornos inesperados e que, de certo modo, também as pessoas que eu estimo igualmente estão me vendo em diferentes chalanas…

A vida pós-moderna (ou seja lá que outro nome tenha), vai aos poucos moldando as caixinhas que o mercado de consumo nos acondiciona, e vamos nos esquecendo que nunca na história da humanidade tivemos tantas chances de nos comunicarmos: computador, correios, telefone, celulares,…

Acho que é porque talvez a grande ilusão nos queira induzir a trocarmos um beijo por um chocolate, um abraço por um modelo novo de celular, uma conversa tranquila por um lanche de fast-food, um carinho por dinheiro, sexo por site pornô. A única maneira de nos livrarmos dessa solidão não querida, esquizofrênica é mandarmos tudo às favas e procurarmos conversar com as pessoas que gostamos: sempre teremos algo a dizer e sempre seremos escutados, o que é e sempre será ótimo. O isolacionismo é uma profecia auto-realizavel. As nossas vidas, contudo, não!

 

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s